Histórico

Com 27 anos de existência, após uma histórica vitória que regulamentou a profissão de Técnico Agrícola, reconhecida pela Lei 5.524, de 05/11/68, regulamentado pelo Decreto 90.922 de 06/02/85, instituído pelo Presidente João Figueiredo, enquadrado como profissionais liberais através da Portaria Ministerial nº 3165, de 03/06/87 do Ministério do Trabalho, a categoria se mobilizou para a criação do SINTAMIG, culminando na sua fundação no dia 11/02/89, atendendo a uma demanda e necessidade dos Técnicos Agrícolas se organizarem em entidades sindicais como representante legítimo de caráter sindical.

Tendo como um dos principais objetivos, consolidar e defender as atribuições profissionais, junto ao sistema CONFEA e CREA/MG, obtivemos a nossa representação, com direito a voz voto e assento, através do Ato nº 15 de 23/04/91, como Conselheiro Regional do CREA/MG e através do processo eleitoral em 2002 como Conselheiro Federal do CONFEA, representante dos Técnicos Agrícolas.

Outras ações que destacamos como princípios sindicais, apontam as negociações individuais e coletivas, ações judiciais trabalhistas, à luta para se estabelecer o piso salarial e mais recentemente fomos contemplados com o Decreto nº 4.560, de 30/12/2002, sancionado pelo Presidente Fernando Henrique Cardoso, consolidando as atribuições dos Técnicos Agrícolas.

A organização e manutenção do SINTAMIG e representatividade dos espaços afetos as nossas profissões depende da afiliação dos Técnicos Agrícolas em nosso Sindicato. Não podemos deixar de participar da vida do SINTAMIG, que é a Entidade de defesa de seus direitos consolidados, mas que depende de nossa perseverança e vigilância destas conquistas.